A PsicoNutri vai estar na Meia Maratona de Tondela – Ecopista do Dão!
Fevereiro 18, 2017
Sinais De Perturbação de Ansiedade
Março 20, 2017

JÁ COMESTE SOPA HOJE?

O nutricionista da PsicoNutri sugere o consumo frequente de sopa!

“Até há alguns anos atrás, a sopa era obrigatória na mesa dos portugueses. De tal modo era importante que, quando alguém referia a ementa do almoço ou do jantar, quase sempre falava da sopa e do “resto”, termo que conferia à sopa o papel principal. Para muitas famílias de baixos recursos económicos, este era, não raras vezes, o único prato da refeição. Este poderá ser um motivo que leva tanta gente a não a consumir nos dias de hoje… a sua conotação com a pobreza.

Independentemente da região onde é consumida, tem sempre uma base constituída maioritariamente por água, “farináceos” que, dependendo da situação geográfica, podem ser batata, feijão ou outra leguminosa, ou mesmo pão, como na região alentejana. Invariavelmente, os produtos hortícolas como hortaliças de diversos géneros, cenouras, cebolas, abóbora, tomates, feijão-verde, entre muitos outros, entram também na sua constituição. Tudo temperado com um fio de azeite, importante para absorção das vitaminas lipossolúveis.

A palavra sopa tem a sua origem semântica no sânscrito sû (significa: bem) e em pô (significa: alimentar), ou seja, sopa significa “bem alimentar”
Recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), para o consumo de 400g/dia de hortofrutícolas por dia. 2 conchas de sopa (250ml), contem em média 100g de hortícolas.

OS BENEFICIOS DA SOPA:
Habitualmente a sopa apresenta diversidade de alimentos fundamentais ao funcionamento do organismo, normalmente de baixo valor energético e disponibiliza elevado teor de vitaminas, minerais, oligoelementos, antioxidantes, fibra e água. Permite aproveitar vitaminas e minerais que se perdem quando se desperdiça a água de cozedura
Rica em vitaminas, minerais e antioxidantes – tão procurados nas farmácias a preço bem mais elevado e, seguramente, sem a mesma biodisponibilidade -, tem também um apreciável teor de fibras, idealmente combinadas com água para uma maior saciedade e um melhor funcionamento intestinal.

BOAS RAZÕES PARA COMER SOPA:
Além de ser indicada no tratamento da obesidade, é importante para a manutenção do peso ideal, para as pessoas que sofrem de falta de apetite ou têm dificuldade em digerir, para os idosos ou ainda para controlar a ingestão compulsiva de alimentos nas crianças, porque:
Do ponto de vista nutricional, o processo de cozedura é muito eficaz, suaviza a textura dos hortícolas, facilitando a sua digestão. A destruição de vitaminas sensíveis, como a Vitamina C e vitaminas do complexo B, é pouco significativa, contribui ainda para a satisfação das necessidades diárias de água.
Devido à presença de fibras, água e pela temperatura a que geralmente é consumida, a sopa apresenta elevado poder saciante, com consequente regulação do apetite.

SOPA NO INÍCIO OU NO FIM DA REFEIÇÃO?
Qual a riqueza da sopa do ponto de vista nutricional?
A sopa é, sem dúvida, o método mais saudável para confeccionar e ingerir os legumes, tornando-os mais saborosos, com uma textura mais agradável e mais facilmente digeríveis. Podemos dizer que o grande trunfo da sopa reside no poder das vitaminas e minerais.
Como funcionam as mais valias que referiu a nível do organismo?
O nosso organismo necessita de vitaminas e minerais em grande quantidade, nomeadamente para o fortalecimento do sistema imunitário.

É LÍCITO AFIRMAR QUE A SOPA É UM “ALIMENTO COMPLETO”?
Alimento completo sim, mas refeição completa é diferente. Para isso teríamos de acrescentar-lhe ingredientes menos habituais à sua constituição. A regra de ouro para uma alimentação saudável é saber variar.
A sopa é o alimento ideal para quem quer perder peso e para quem quer aumentar de peso. Porquê?

AS SOPAS INSTANTÂNEAS PODEM SUBSTITUIR,NA DIETA DIÁRIA, AS SOPAS “TRADICIONAIS”?
De maneira nenhuma.

CONCLUSÃO:
Além de matar a fome, a ingestão regular de sopa ajuda a controlar os níveis de colesterol, contribui também para uma absorção lenta e gradual de glicose, portanto ajuda a regular os níveis de açúcar no sangue, favorece o funcionamento intestinal e ajuda a reforçar as defesas do organismo.”